APP - Associação Portuguesa de Psicogerontologia

Estatísticas APAV 2014: Apoio e prevenção da violência e do crime em números

APAV

 

 

 

Nota de Imprensa | 26 Março 2015

Estatísticas APAV 2014: APAV chegou a mais de 32.500 pessoas em 2014

 Apoio e prevenção da violência e do crime em números

 Muitos são os desafios que as organizações da sociedade civil enfrentam neste princípio de século novo. Desafios esses que a APAV procurou sempre transformar em oportunidades, dando-lhes respostas com coragem, independência e inovação. Volvidos 25 anos, a APAV continua a ser um projeto inovador e relevante na sociedade portuguesa.  Nestes anos, o número de pessoas alcançadas pela ação da APAV em apoio (cerca de 270.000) e em prevenção e formação (cerca de 100.000) e o número de Voluntários e Voluntárias (cerca de 3.500) encorajam-nos a prosseguir a sua Missão, renovando quotidianamente a sua razão de existir: as pessoas vítimas de crime, incluindo os seus familiares e amigos.

 No ano de 2014 a APAV abrangeu um universo total de mais de 32.500 pessoas: 8.889 vítimas diretas de cerca de 21.541 crimes e outros atos violentos, de cerca de 57 tipos de crime diferentes, e 23.792 participantes nas ações de formação e prevenção da violência e do crime. Tal número expressivo significa que em média, por semana, cerca de 170 pessoas recorrem aos nossos serviços de apoio à vítima de crime e 456 são participantes ativos nas nossas ações de formação e prevenção.

 Também no ano em apreço damos destaque para o aumento dos registos no que diz respeito ao número de processos com atendimentos no respetivo ano (12.379 – quase 5%) e ao número de crimes (21.541 – 4,4%).

 Através da Linha de Apoio à Vítima, da rede nacional Gabinetes de Apoio à Vítima, da Unidade de Apoio à Vítima Migrante e da rede de Casas de Abrigo para mulheres e crianças vítimas de violência, ao longo destes 25 anos a APAV tem cumprido a missão de apoiar as pessoas que são vítimas de todos os crimes, seus familiares e amigos. O apoio da APAV garante que quem é vítima de um crime – seja violência doméstica, crimes sexuais, homicídios ou roubos, furtos e assaltos a residências – possa ultrapassar o sofrimento e minimizar o impacto desse crime. A APAV tem voz ativa na sociedade contribuindo para o seu equilíbrio e pacificação.

 APAV, 25 anos a dar voz ao silêncio.

 Os documentos Estatísticas APAV | Relatório Anual 2014  e Estatísticas por Gabinete de Apoio à Vítima estão disponíveis online: www.apav.pt/estatisticas

http://apav.pt/apav_v2/index.php/pt/

http://apav.pt/apav_v2/images/pdf/EstatisticasAPAV_Relatorio_Anual_2014_.pdf

Estatísticas APAV | Relatório Anual 2014 [PDF]

Estatísticas por Gabinete de Apoio à Vítima: www.apav.pt/estatisticas

APAV, 25 anos a dar voz ao silêncio.