APP - Associação Portuguesa de Psicogerontologia

Conceito de ENVELHECIMENTO ATIVO (OMS) –

O conceito de envelhecimento ativo que a OMS lançou, ” processo de optimização de todas as oportunidades  para a saúde, participação e segurança, para melhorar a qualidade de vida das pessoas que envelhecem”, e que tem como referência e ferramenta de operacionalização, a publicação da OMS, ” Cidades Amigas das Pessoas Idosas”,  tem sobretudo uma preocupação muito abrangente sobre todos os determinantes sociais do envelhecimento, numa perspectiva multi e interdisciplinar, a nível individual, familiar, social e ambiental, e decorre de um estudo mundial que definiu oito áreas essenciais ( espaços exteriores e edifícios, transportes, habitação, participação social, respeito e inclusão social, participação cívica e emprego, comunicação e informação  e apoio comunitário e serviços de saúde) decorrentes da audição de pessoas idosas em todo o mundo.  Tem como referências bibliográficas fundamentais as publicações da OMS:
“Active Ageing – a Policy Framework”, de 2002 – http://apps.who.int/iris/bitstream/10665/67215/1/WHO_NMH_NPH_02.8.pdf
“Global Age-Friendly Cities Guide”,  de 2007, traduzido pela Fundação Gulbenkian para Portugues em 2008,  “Guia Global das Cidades Amigas das Pessoas idosas” – http://www.gulbenkian.pt/images/mediaRep/institucional/FTP_files/pdfs/PGDesenvolvimentoHumano/ProjIdosos_GuiaCidades2009.pdf
E os sites:

Consulte igualmente o site da Direção Geral da Saúde, em Outros Programas e Projetos –
Envelhecimento Ativo – Direção Geral da Saúde
Maria João Quintela

Presidente da Direção da APP